Gestão

Beneficência Portuguesa de São Paulo anuncia novos superintendentes

Por Roberta Massa B. Pereira | 23.02.2016 | Sem comentários

Publicidade

A Beneficência Portuguesa de São Paulo contrata dois novos superintendentes que terão a oportunidade de aplicar o seu conhecimento de mercado.

Patrícia Holland liderará a superintendência recém-criada de Serviços Auxiliares de Diagnóstico e Terapia (SADT). Será responsável por gerir o centro diagnóstico da Beneficência Portuguesa de São Paulo, atendendo a todas as unidades hospitalares do complexo.

Há 20 anos no mercado, Patrícia acumulou experiências nas áreas de negócios e marketing em grandes empresas multinacionais, como Philips Healthcare, Johnson & Johnson, Reckitt Benckiser, entre outras.

Já Luiz Sérgio Santana terá o desafio de gerir o Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo, maior unidade das três do complexo hospitalar, e que concentra a maior parte dos casos cirúrgicos de alta complexidade. Dentre seus desafios estão a gestão da enfermagem, operações e área médica.

O executivo possui mais de 20 anos de atuação nas áreas de operações e planejamento em empresas de saúde, como Rede D´Or São Luiz, Intermédica, Grupo VITA e Hospital Aliança.

Dessa forma, a instituição reafirma seu compromisso de desenvolver estratégias que tornem a instituição ainda mais competitiva e sustentável.

Sobre Beneficência Portuguesa de São Paulo

Fundada em 1859, a Beneficência Portuguesa de São Paulo (www.beneficencia.org.br) é a maior instituição hospitalar privada da América Latina, contando com aproximadamente 7.500 colaboradores e 3.000 médicos, e com uma gestão baseada na qualidade assistencial, humanização, ensino e pesquisa, além de um corpo clínico formado por renomados especialistas.

A instituição é referência no atendimento médico hospitalar em mais de 50 especialidades, como cardiologia, oncologia, neurologia, gastroenterologia, ortopedia, urologia, entre outras. Atualmente, a Beneficência Portuguesa conta com três hospitais que somam mais de 1.200 mil leitos de internação.

O Hospital São Joaquim, primeiro pilar da Instituição, realiza atendimento ao Pronto Socorro, UTIs, Internações e Cirurgias. Em 2007, foi inaugurado o Hospital São José, que se destaca pelo atendimento oncológico com padrões internacionais, entre outras especialidades.

Em 2012, o Hospital Santo Antônio foi criado com o objetivo de oferecer atendimento a pacientes usuários do Sistema Único de Saúde, reforçando a responsabilidade social e carácter beneficente da Associação. Já em 2013, a Instituição criou o Centro Oncológico Antônio Ermírio de Moraes para ser um dos maiores e mais completos núcleos de tratamento de câncer no país.

Fonte: ANAHP – 23.02.2016

Compartilhe!