Tecnologia

Telemedicina pode ser tornar um mercado de US$ 1 bilhão em 2017

Por Roberta Massa B. Pereira | 23.02.2016 | Sem comentários

Publicidade

De acordo com um relatório divulgado no início deste mês pela Accenture, o financiamento para a telemedicina deverá quadruplicar até 2017, crescendo para quase um bilhão de dólares em investimento anual. Eles atribuem esse aumento de cinco fatores-chave:

Mudanças impostas pelo Governo – As seguradoras estão ampliando cada vez mais sua cobertura para incluir a telemedicina par atender as diretrizes da  política governamental para incentivar e apoiar a tendência.

Economia atraente – Inevitavelmente quando se discute a telemedicina, a questão do custo surge. iniciativas de telessaúde têm o potencial de diminuir drasticamente o custo dos cuidados de saúde em todo o ecossistema – de pacientes a  seguradoras..

Tecnologia de maturação – Nos dias de hoje, com conectividade generalizada e altos níveis de adoção de smartphones, o potencial é enorme para usuários móveis de saúde, que vem se expandido constantemente.

Adoção Cultural – Como telemedicina torna-se cada vez mais mainstream, os consumidores estão adotando o conceito de conveniência, opções de cuidados de saúde acessíveis que atendem às suas necessidades e estilos de vida específicos.

Emergentes modelos de atenção – Pagadores está olhando a telemedicina para criar pacotes de cuidados abrangentes que não só atraem membros, mas também reduzir os custos associados.

A conjunção destas várias tendências promete catapultar telessaúde para um crescimento sem precedentes e adoção mainstream. Não é mais uma questão de “se”, mas sim “quando”.

Fonte: TI-Insite-23.02.2016

Compartilhe!