Qualidade

Laboratório Sabin é premiado no maior congresso de medicina laboratorial do mundo

Por Roberta Massa B. Pereira | 03.08.2016 | Sem comentários

O Laboratório Sabin conquistou, na Pennsylvania, Estados Unidos, três prêmios no maior congresso de medicina laboratorial do mundo, promovido pelaAmerican Association for Clinical Chemistry (AACC).

Um dos prêmios recebidos foi uma medalha da National Academy of Clinical Chemistry (NACB) concedida ao coordenador de Pesquisa do Laboratório Sabin, Gustavo Barra, que com sua equipe desenvolveu um exame para a detecção molecular de três vírus – dengue, zika e chikungunya –  em uma mesma reação.

O teste, tem a vantagem de identificar, na fase aguda, qual o vírus causador da doença, sem a necessidade de pedir ou fazer reações em separado para cada um.

O trabalho foi o único do Brasil a receber a honraria da NACB.

“O exame que desenvolvemos demonstra o já conhecido compromisso da empresa com o cliente e evidencia os benefícios do investimento em pesquisa e inovação, pois, se o vetor destes vírus é versátil o teste diagnóstico também deve ser”, explica o pesquisador.

O congresso AACC é reconhecido como o lugar onde as inovações em testes clínicos e assistência ao paciente são apresentadas em primeira mão.

“O Laboratório Sabin é uma empresa que além de prestar um serviço de excelência a seus clientes, tem uma agenda focada, também, para prover pesquisas, desenvolvimento e inovação, voltados para o setor de medicina diagnóstica.

Além disso, avançamos cada vez mais com estudos, ações e informações qualificadas, para o aprimoramento do nosso serviço, respondendo aos desafios da saúde”, explica a presidente executiva do Laboratório Sabin, Lídia Abdalla.

Entre os 1.024 trabalhos selecionados para serem apresentados no congresso, a NABC escolheu 29 para serem premiados entre os melhores.

O único representante da América Latina entre este seleto grupo foi o Laboratório Sabin.

Fonte: LabNetWork-03.08.2016.

Baixe agora: ebook planejamento estratégico em saúde

 

Compartilhe!