Empreendedorismo

Amil compra rede de clínicas de presidente do Albert Einstein

Por Roberta Massa B. Pereira | 14.09.2016 | Sem comentários

Publicidade

A UnitedHealthcare, grupo americano dono da Amil, adquiriu a rede de clínicas oftalmológicas Lotten Eyes, fundada pelo médico Claudio Lottenberg, presidente do Hospital Albert Einstein, em São Paulo. A transação é avaliada em cerca de R$ 200 milhões, segundo o Valor apurou.

Ainda de acordo com fontes, a venda da rede de clínicas faz parte das negociações para que Lottenberg assuma a presidência da UnitedHealthcare Brazil, em janeiro de 2017, em substituição ao fundador da Amil, Edson Bueno.

As conversas para aquisição das clínicas foram iniciadas para evitar conflito de interesses, já que Lottenberg ocupará uma posição estratégia dentro do grupo.

Além disso, segundo interlocutores, os americanos da United gostaram muito da Lotten Eyes, em especial, da plataforma tecnológica dos consultórios de oftalmologia.

A UnitedHealthcare é dona da Optum, empresa de tecnologia voltada à saúde que fechou o segundo trimestre com uma receita de US$ 20,6 bilhões, ou seja, a metade do faturamento do grupo americano.

Indicação de leitura: Ebook Lean Six Sigma em Saúde

A Lotten Eyes ficará sob a gestão da Américas Serviços Médicos – braço de hospitais da UnitedHealthcare. Em julho, a unidade brasileira foi dividida em três áreas: planos de saúde e dental, hospitais e tecnologia aplicada à saúde.

O foco principal da Américas Serviços Médicos são os hospitais, mas a United também tem interesse em ampliar o negócio de consultórios.

Hoje, essa divisão é composta por 22 hospitais, seis clínicas oncológicas COI, adquiridas pela Amil no ano passado, e agora pelos consultórios de oftalmologia.

A primeira reunião de integração dos negócios foi realizada nesta semana, segundo fontes.

Fundada em 1989, a Lotten Eyes tem, atualmente, 18 clínicas localizadas em bairros nobres da cidade de São Paulo. A rede conta com uma plataforma tecnológica robusta que integra todas as unidades.

Os pacientes atendidos em uma das clínicas, por exemplo, têm seus prontuários médicos disponíveis num sistema único. A Lotten Eyes consegue boa rentabilidade porque não oferece apenas consultas médicas, e sim exames de alta complexidade, além de diversos tipos de cirurgia.

Segundo dados da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), foram realizadas mais de 7,8 milhões de consultas oftalmológicas no segundo semestre do ano passado no país.

Trata-se da terceira maior demanda de usuários de planos de saúde, considerando os atendimentos com médicos especialistas, atrás apenas de ginecologia/obstetrícia e pediatria.

Procurados pela reportagem, a Amil informou que não comenta rumores de mercado e Lottenberg preferiu não se pronunciar sobre o assunto.

O mandato de Lottenberg como presidente do Albert Eisntein termina em dezembro deste ano. O médico especializado em oftalmologia ocupa esse posto, como voluntário, desde 2001 e não pode mais ser reconduzido.

Com isso, o caminho natural seria a presidência do conselho do hospital, que também passará por uma renovação em 2017.

A escolha de Lottenberg para a presidência da UnitedHealthcare Brazil partiu do fundador da Amil. Edson Bueno acordou com os americanos que deixaria a companhia em 2017, mas antes precisaria encontrar um sucessor.

O desafio era grande, porque era necessário encontrar um nome forte na área da saúde – Bueno é referência e tem bastante trânsito no setor, papel que também é desempenhado por Lottenberg à frente do Einstein.

Fonte: Valor Econômico-14.09.2016.

Compartilhe!