Saúde

Ministro da Saúde anuncia retomada de fábrica da Hemobrás em PE

Por Roberta Massa B. Pereira | 16.08.2017 | Sem comentários

Publicidade

Após a bancada de parlamentares de Pernambuco apelar para interferência do presidente Michel Temer, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, anunciou que vai iniciar negociações com a empresa Shire para construir uma fábrica de recombinantes (medicamento para hemofilia) da Hemobrás em Goiana (PE).

No mês passado, o Ministério da Saúde suspendeu o contrato da estatal com a empresa e, abertamente, estudava um projeto de construir uma fábrica de recombinantes em Maringá (PR), reduto eleitoral do ministro, em parceria com a Octapharma.

O anúncio foi feito hoje por meio de nota intitulada “Pernambuco terá fábrica de Fator VIII recombinante”, divulgada pelo Ministério da Saúde após reunião de Barros com os ministros pernambucanos Mendonça Filho (Educação), Bruno Araújo (Cidades), Fernando Coelho Filho (Minas e Energia) e Raul Jungmann (Defesa), em Brasília.

O encontro ocorreu, segundo o próprio ministério, “por orientação do presidente Michel Temer”.

A suspensão do contrato da Hemobrás com a Shire foi encarada pela bancada de Pernambuco como um passo para o esvaziamento da estatal no Estado.

O bancada provocou o Ministério Público junto ao TCU (MPTCU), que entrou com pedido de liminar para que o Ministério da Saúde mantivesse o contrato com a empresa.

Até agora, o ministro Vital do Rego, responsável pelo processo, ainda está analisando o tema.

Segundo o Ministério da Saúde, a Shire aumentou a proposta de investimento anteriormente apresentada à Hemobrás de US$ 30 milhões para US$ 300 milhões para construir uma fábrica.

O ministério disse que a empresa fez isso porque foi “provocada” pela proposta da Octapharma para a construção de fábrica no Paraná.

A construção da fábrica era uma obrigação não cumprida pela Hemobrás e, no momento, o governo não teria condições de arcar com o investimento.

Fonte: Valor Econômico – 16.08.2017.

Ebook Planejamento Estratégico em Saúde, baixe agora o seu.Planejamento Estratégico em Saúde

 

Compartilhe!