Inovação

Ta Na Hora recebe prêmio internacional por ação social em Alagoas

Por Roberta Massa B. Pereira | 23.08.2017 | Sem comentários

Imagine uma cidade simples de Alagoas. Você mora numa pequena casa desta cidade.Só tem um problema: é época de chuvas.

Bairros inteiros são alagados e este é só o começo de um grande problema.

Também surge o perigo de epidemias de: leptospirose, cólera, febre tifóide, Hepatite A e B.

Uma pessoa da sua família pode ficar doente e, pior, não conseguir atendimento no posto médico porque está super lotado ou simplesmente não há recursos.

Tudo isso poderia sim ser evitado.

Marechal Deodoro era uma dessas pequenas cidades de Alagoas que sofria com as enchentes. Hoje, é uma referência no Brasil!

Através de mensagens de texto da Tá.Na.Hora, a prefeitura está orientando milhares de pessoas via celular sobre o que fazer em casos assim, além de prevenir outras situações de risco para a população.

No Brasil, a Tá.Na.Hora usa chatbots com inteligência artificial para educar, engajar e monitorar pacientes e populações em situação de risco.

Com esta tecnologia, a empresa está alcançando resultados expressivos em relação a taxa de engajamento de pacientes e a gestão de saúde populacional.

Acreditamos em acesso à saúde básica para todos frente a enorme desigualdade social.

Foi acreditando nesta premissa que a Tá.Na.Hora foi destaque de impacto social no Prêmio Internacional em Chicago do Global Steering Group.

Mais sobre a empresa:

Através de ChatBots de saúde a Tá.Na.Hora cria uma solução digital para ajudar as organizações engajar, educar e monitorar uma grande população de pacientes. Independentemente de estar monitorando mães de baixa renda no sul do Brasil, tratando questões ligadas a diabetes no Rio de Janeiro ou controlando surtos de dengue na Amazônia, a Tá-Na-Hora busca o uso de dispositivos móveis para combater os maiores problemas de saúde em países emergentes.

Fonte: Assessoria de Comunicação Tá.Na.Hora – 236.08.2017.

Ebook Planejamento Estratégico em Saúde, baixe agora o seu.Planejamento Estratégico em Saúde

 

Compartilhe!