Qualidade

Hospital Sírio Libanês disponibiliza indicadores de qualidade e segurança

Por Roberta Massa B. Pereira | 15.05.2018 | Sem comentários

Tendo como compromisso a ética e a transparência, o Hospital Sírio Libanês está disponibilizando em seu site uma página específica para divulgar informações sobre os indicadores de qualidade e segurança da instituição.

Ambos os indicadores são rigorosamente monitorados de maneira a promover melhorias e a garantir a segurança e o bem estar do paciente.

Esses indicadores são parâmetros indispensáveis para avaliar a qualidade e a segurança de serviços hospitalares.

E por este motivo o hospital reforça o comprometimento e rigor em atualizá-los a cada trimestre seguindo as regulamentações previstas por entidades internacionais.

Como a Organização Mundial da Saúde, além da nossa própria série histórica.

Os padrões internacionais de qualidade têm por objetivo promover melhorias específicas e ações que garantam a segurança do paciente na prestação do cuidado.

Destacando as áreas problemáticas da assistência à saúde e apresentando soluções consensuais para esses problemas.

Para promover a melhoria contínua dos processos, o Hospital Sírio-Libanês incorporou os padrões abordados no manual de Acreditação – Joint Commission International (JCI).

Por meio das Metas Internacionais de Segurança do Paciente, e os abordados na metodologia da Qmentum Internacional – Padrões de Acreditação Canadense – as Práticas Organizacionais Exigidas (ROPs).

Nestes padrões são abordados os seguintes temas:

Identificação do Paciente

No indicador, é considerado a taxa de realização da tripla checagem antes da administração de medicamentos em situações que não envolvam atendimentos de urgência e emergência.

A meta estabelecida de 92% é baseada em dados de série histórica institucional.  A evolução dos resultados pode ser observada no gráfico a seguir.

 

Taxa de realização da tripla checagem no processo de administração de medicamentos no Hospital Sírio-Libanês em comparação com a meta da instituição.

Segurança de Medicamentos

No indicador é considerado a incidência de falhas no processo de administração de medicamentos que causaram algum tipo de dano ao paciente (leve, moderado ou grave).

A meta estabelecida de 1,0 é baseada em dados de série histórica institucional.

Nesse índice, considera-se o tempo de internação do paciente como determinante do risco.

Incidência de eventos com dano ao paciente internado no processo de uso de medicamentos.

Prevenção e Controle de Infecção

No indicador  é considerado o número de episódios de infecções associada ao uso de cateter venoso central em pacientes internados em unidades críticas.

A meta estabelecida é fixada em 0,80 para cada 1.000 cateteres/dia, conforme o gráfico.

Densidade de incidência de Infecção de corrente sanguínea (ICS) associada ao uso de Cateter venoso central (CVC) em unidades críticas.

Queda

No indicador considera as ocorrências de queda com dano físico, sofridas pelos pacientes durante o seu período de internação.

Incidência de quedas que resultaram em dano ao paciente (por 1000 pacientes/dia).

Como padrão de comparação externa, foi considerado os dados de hospitais norte-americanos, uma vez que há poucos dados nacionais publicados.

Nessa comparação, o hospital apresentou melhoras positivas em seu resultado.

Para saber mais informações sobre os indicadores de qualidade e segurança do Hospital Sírio Libanês, basta acessar a página da Instituição clicando aqui.

Fonte: Hospital Sírio Libanês – 15.05.2018.

Ebook Lean Six Sigma em Saúde, baixe agora o seu.Ebook Lean Six Sigma em Saúde

 

Compartilhe!