Promoção

Inovação da gestão na saúde, um grande desafio.

Por Roberta Massa | 17.01.2011 | 1 comentário

Publicidade

A palavra inovação é muito conhecida  na área da saúde, diariamente nos deparamos com inovações  grandiosas, no tratamento médico dos pacientes e na inovação da tecnologia voltada ao diagnóstico. O avanço da tecnologia ligada a  essa inovação cura muitos pacientes e prolonga cada vez mais o tempo de vida das pessoas.

A inovação pode tornar uma instituição líder na excelência do atendimento, porém se o seu modelo de gestão é o mesmo utilizado há alguns anos, ela com certeza encontrará  problemas recorrentes na gestão e na administração de pessoas.

Como a inovação vem  sendo aplicada em algumas instituições?

•    As  empresas tentam introduzir modelos de gestão inovadores, porém não se atentam que os seus próprios líderes de equipe não possuem o espírito inovador e muitas dessas mudanças acabam ficando  paradas entre líder de equipe e o operacional.

•    Algumas vezes a dita inovação é implantada, porém não existe feedback entre o operacional e sua gerência, esse tipo de falha transforma o pretenso sucesso  inovador em  grande fracasso ficando o gestor desacreditado perante sua própria equipe.

•     As empresas não podem esquecer que seus funcionários  são “seres humanos” e desta forma  precisam ser tratados como tal. Inovação sem que exista o respeito ao colaborador não funciona.

•     Não adianta possuir aparelhos avançados em diagnóstico, agilidade na liberação dos seus exames, e atendimento humanizado, quando o seu sistema de informação é lento e nada confiável.

Liderança engajada nos objetivos da gerência

É muito comum ter no líder o grande responsável pelo sucesso ou fracasso de um processo de inovação, isso não é verdade o líder é farol que direciona os passos da equipe, mas de fato o engajamento de todos é a única forma de crescimento de uma empresa.

Desta forma o líder deve se portar e ter em mente alguns critérios:

O envolvimento da equipe no processo é requisito básico, por isso o acompanhamento do líder é indispensável para identificar os pontos negativos e  oportunidades de melhoria;

O líder não pode achar que aumento salarial é sinônimo de motivação, os colaboradores necessitam saber que são importantes e que fazem a diferença na instituição. Nada melhor do que o olhar nos olhos de seu colaborador e dizer isso de maneira franca.

Saber elogiar e  delegar funções são um grande desafio para a liderança e para o colaborador é motivador.

Uma instituição líder não é aquela  que encontra a inovação, a liderança acontece a partir de uma série de  qualidades que ligue uma simples marca ao sinônimo de sucesso e admiração.

Compartilhe!