Promoção

Prontuário eletrônico é mais utilizado no Brasil para registro e histórico dos pacientes

Por Roberta Massa B. Pereira | 10.11.2015 | Sem comentários

Publicidade

Levantamento feito pela Medicina Direta traz perfil do uso de plataformas digitais em clínicas e consultórios do país

 Criado para facilitar a vida de médicos e enfermeiros, o prontuário eletrônico conta com facilidades como a organização eficiente da agenda, o envio e arquivamento de imagens para ajudar no diagnóstico e até mesmo a realização de pré-consultas. No Brasil, seu principal uso envolve o registro e acompanhamento do histórico do paciente.

A conclusão é do levantamento realizado pela Medicina Direta, empresa brasileira especializada em soluções digitais para clínicas e consultórios. A companhia consultou 409 empresas de sua base de clientes para traçar um perfil da utilização de prontuários eletrônicos no mercado brasileiro.

Praticamente todos os médicos contratam a plataforma para realizarem o registro do histórico do paciente e acompanhar sua evolução ao longo do tempo. O serviço de agenda é utilizado por 92% dos clientes.  O recurso financeiro, como recebimento de consultas, é usado por 62% dos médicos, enquanto que apenas 48% dos profissionais utilizam a solução de imagens.

Dentro das especialidades, os dermatologistas são os que mais contratam prontuários eletrônicos, seguidos por ortopedia e ginecologia. O estado de São Paulo concentra grande parte das plataformas, com 78,81%, e 61% dos médicos contratantes são homens.

“A utilização do prontuário eletrônica ainda é recente no Brasil, mas a tendência é estes números aumentarem conforme os médicos se familiarizem mais com a tecnologia e perceberem como podem se beneficiar com isso”, confirma Tiago Delgado, sócio-fundador da Medicina Direta.

A utilização de prontuários eletrônicos avança no Brasil. A última pesquisa TIC Saúde, realizada pelo Comitê Gestor da Internet no país, mostra que 23% dos estabelecimentos de saúde do país fazem o registro eletrônico de informações dos pacientes.

Sobre Medicina Direta:

Com o objetivo de ser o departamento digital de clínicas e consultórios médicos, a Medicina Direta surgiu em 2013 para oferecer infraestrutura tecnológica adequada e otimizar a gestão da saúde. A empresa disponibiliza o prontuário eletrônico, facilitando a coordenação de agenda, receituário, pagamento e demais processos que envolvem a rotina do profissional do setor.

Além disso, a companhia desenvolve sites, gerencia e-mails e cria campanhas no Google Adwords. Para mais informações, acesse: http://www.medicinadireta.com.br

Compartilhe!