Qualidade

Hospital troca sistema de gestão para melhorar qualidade assistencial e operacional

Por Roberta Massa B. Pereira | 11.03.2016 | Sem comentários

Publicidade

O Hospital Nossa Senhora das Graças, localizado em Canoas e referência na região metropolitana de Porto Alegre-RS, se prepara para oferecer mais excelência e resolutividade nos serviços de saúde oferecidos a cerca de 3 mil pessoas atendidas diariamente no hospital e nas unidades da rede municipal administradas pela instituição.

Em processo de implantação do SOUL MV, o hospital de 268 leitos disponibilizará aos pacientes (SUS, convênio e particular) mais agilidade no atendimento por meio, por exemplo, do Sistema de Classificação de Risco no seu pronto-socorro.

Contabilizando mais de 6,5 mil consultas mensais na emergência, a solução facilitará o fluxo e evitará o congestionamento do serviço.

Para os cerca de 150 médicos do hospital e das outras unidades, o uso do Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP) garantirá mais inteligência clínica às atividades.

Realizando mensalmente 6 mil consultas ambulatoriais, mais de 1 mil internações, 800 procedimentos no bloco cirúrgico e 55 mil exames, a solução permite a criação de prescrições padronizadas, protocolos clínicos, alertas automáticos no caso de interações medicamentosas e, com isso, maior segurança no atendimento.

No que diz respeito à gestão à vista, ferramentas como o Business Intelligence (BI) dão aos gestores a possibilidade de monitorar indicadores assistenciais, administrativos e financeiros para controlar resultados e mantê-los alinhados à visão e à estratégia institucional.

Por utilizar um sistema de gestão da informação com integração limitada, fazendo com que não houvesse gerenciamento consistente das áreas de negócio, o Hospital Nossa Senhora das Graças optou pela substituição de fornecedor.

Com a contratação da MV, o objetivo é garantir maior integração entre todos os serviços, melhorar os resultados dos indicadores assistenciais, aumentar o faturamento, adquirir mais qualidade médica no padrão de evolução e prescrição.

Fonte: MV-Sistemas – 11.03.2016

Compartilhe!