Inovação

Grupo investe em clínicas médicas e serviços de diagnóstico de excelência com custo acessível

Por Roberta Massa B. Pereira | 16.06.2016 | 1 comentário

Publicidade

Rede de franquias de clínicas médicas é o novo lançamento do grupo, que oferecerá consultas e exames acessíveis por meio de financiamento e de parcelamentos; expectativa é fechar 10 contratos em 2016

Proporcionar atendimento médico acessível e serviço de diagnóstico com excelência: essa é uma das novas missões da SMZTO Holding Multissetorial de Franquias,uma das principais aceleradoras brasileiras do setor de franchising.

Por meio da rede PartMed, a SMZTO lança uma nova solução para a saúde.

“Queremos reinventar a saúde no Brasil oferecendo consultas com corpo clínico de excelência e serviços de diagnósticos de ponta. Sabemos que 30% dos usuários de planos de saúde recorrem ao Sistema Único de Saúde (SUS) e que 75% da população brasileira sequer tem acesso a um plano de saúde”, afirma José Carlos Semenzato, presidente da holding. “Nosso objetivo é oferecer atendimento de qualidade atrelado a valores acessíveis e com possibilidades de parcelamentos”, complementa Semenzato.

A holding já possui larga experiência no setor da saúde oferecendo tratamento odontológico de excelência com parcelamentos e valores acessíveis por meio da OdontoCompany, uma das maiores redes de franquias odontológicas do País. “Quando investimos na OdontoCampany, há cinco anos, a rede tinha apenas uma unidade; hoje ela tem mais de 300 franquias, sendo 200 em operação”, afirma Semenzato.

“A tendência é que, com o envelhecimento da população, os planos de saúde aumentem cada vez mais seus preços, limitando ainda mais o público que terá condições financeiras de arcar com um convênio”, afirma Bruno Semenzato, diretor-executivo da PartMed. “Identificamos uma questão de saúde pública e, consequentemente, uma oportunidade de oferecermos opções para os tratamentos médicos”.

A expectativa é que a PartMed feche 2016 com 10 clínicas e, em cinco anos, opere 200 unidades em todo o Brasil.

As clínicas da PartMed oferecerão mais de 20 especialidades para consultas – como ginecologia, cardiologia, clínica geral, dermatologia, entre outras – com ou sem agendamento. As unidades também realizarão todos os tipos de exame, dentro das próprias clínicas ou em laboratórios e centros de imagem parceiros.

O idealizador da rede, Dr. Paulo Zahr – que soma mais de 25 anos de experiência no setor da saúde –, identifica demanda para que toda cidade brasileira tenha, ao menos, uma clínica PartMed. “Nosso plano de expansão prevê que todo brasileiro tenha acesso a uma saúde de qualidade, com uma clínica PartMed próxima a ele”, afirma.

O projeto da PartMed foi iniciado em 2015, quando uma unidade própria, em São José do Rio Preto (SP), foi construída. Com a consolidação do modelo de negócios e o sucesso desta unidade, o grupo SMZTO apostou no modelo dentro do sistema de franchising.

Investimento na franquia

Para operar, a PartMed demandará investimento inicial de aproximadamente R$ 200 mil, conforme a região escolhida para a implementação da clínica. Os médicos serão contratados diretamente pelas franquias, com auxílio da franqueadora e do diretor clínico responsável de cada unidade garantindo, assim, a excelência do corpo clínico em todas as operações.
“Trabalharemos com 100% dos atendimentos particulares, mas também receberemos pacientes encaminhados do SUS para fazer exames”, aponta Bruno Semenzato.

Os pagamentos poderão ser parcelados e realizados em dinheiro, cheque e cartão.

Como perfil para os franqueados, a PartMed está em busca de médicos para atenderem ativamente nas unidades, que serão expandidas, inicialmente, nos estados de São Paulo e do Rio de Janeiro. “Nosso plano de expansão também prevê a expansão, nesta primeira fase, para as capitais e cidades mais populosas do Brasil”, aponta Bruno.

A segunda fase será voltada ao interior brasileiro.

“Este é um mercado muito fragmentado e não há uma rede consolidada que otimize custos e crie sinergia entre as operações”, aponta Bruno Semenzato. “Vamos ser pioneiros neste sentido.”

Ficha Técnica- PARTMED

Ano de fundação: 2016
Ano de entrada no franchising: 2016
Número de unidades: 1 própria
Investimento total (R$): de R$250 a R$350 mil
Capital para Instalação (R$): R$90 mil
Taxa de Franquia (R$): 80 mil
Capital de Giro (R$): aproximadamente R$ 100 mil (valor pode diminuir consideravelmente dependendo da região de onde é montada a clínica)
Taxa de Propaganda (sobre o faturamento bruto): 1%
Taxa de Royalties (sobre o faturamento bruto): 5%
Faturamento médio mensal (R$): entre R$ 250 mil e R$ 500 mil
Prazo de retorno: aproximadamente 24 meses
Área para instalação: 200 m²
Número de funcionários por unidade: 7 funcionários em média, além dos médicos
Contato comercial: Bruno Semenzato (bruno.semenzato@partmedsaude.com.br)

Sobre a SMZTO Holding

A SMZTO Holding de Franquias Multissetoriais nasceu com o propósito de acelerar negócios promissores por meio do franchising. A partir de processos seletivos e de análises criteriosas, a holding seleciona empresas que tenham perfil de negócios replicável e sustentável. Demonstrando sua expertise em gestão e aceleração de negócios, a SMZTO é sócia de todas as suas marcas: L’Entrecôte de Paris, Instituto Embelleze, Casa X, Espaçolaser, OdontoCompany, Mixirica, Yakisoba Factory e LifeUSA.
Serão lançadas também as redes PartMed, de clínicas médicas populares, Rei do Picadinho, franquias voltadas para praças de alimentação, Totallaser, franquia popular de depilação a laser, e Bistrô D’Europa, franquia de restaurantes com os clássicos europeus, dentre outros projetos que estão sendo estruturados. A SMZTO, criada por José Carlos Semenzato, é responsável pela operação de mais de 700 franquias no Brasil e estima faturar mais de R$ R$ 662,9 milhões em 2016.

Sobre José Carlos Semenzato

Atuando há mais de 25 anos no setor de franchising, Semenzato é o responsável pelo sucesso das maiores marcas de franchising do Brasil. Sonhador e realizador, Semenzato começou a trabalhar aos 13 anos vendendo as coxinhas que sua mãe fazia para complementar a renda da família.
Aos 22 anos, abriu seu primeiro negócio na área de educação e, em menos de dois meses, já tinha 200 alunos. Em três anos, somava 17 escolas próprias e, posteriormente, apostou no sistema de franquias, chegando a 700 franquias e mais de 500 mil alunos.

Fonte: Economidia-16.06.2016

Compartilhe!