Tecnologia

Inteligência artificial ajuda operadoras de saúde a se fortalecerem no combate aos efeitos da crise

Por Roberta Massa B. Pereira | 06.09.2016 | Sem comentários

Tecnologia que utiliza robôs para interagir e conversar com beneficiários auxilia as operadoras a otimizarem seus gastos diante da  recessão econômica.

A perspectiva para este ano é que a inflação médica chegue a 20%, segundo a Confederação Nacional de Saúde (CNS). Um conjunto de fatores – entre eles a desvalorização do real, a alta do desemprego e o aumento dos custos na recessão econômica – atinge também as operadoras de saúde, que acabam encerrando as suas operações ou perdem clientes.

De junho de 2015 até o mesmo mês deste ano, quase 2 milhões de pessoas desistiram de seus planos de saúde. Nesse cenário, a Tá.Na.Hora (www.ta-na-hora.com) lança uma solução para operadoras investirem na prevenção, reduzindo a sinistralidade.

A ferramenta, que utiliza inteligência artificial (chatbots), impacta diretamente na gestão financeira das operadoras de saúde, pois atua como medicina preventiva, monitorando sintomas de risco e reeducando sobre o uso correto do plano.

Os beneficiários recebem, diariamente, mensagens interativas via SMS ou Messenger sobre prevenção de doenças e dicas de saúde e bem-estar.

Indicação de leitura: Ebook Lean Six Sigma em Saúde

Também são enviados lembretes sobre consultas e para tomar medicamentos, além de perguntas sobre hábitos de vida e check-ups periódicos para acompanhar e orientar o segurado, melhorando sua qualidade de vida. “O conhecimento empodera o beneficiário, que utiliza o plano de forma mais efetiva e se sente acolhido.

Por outro lado, a operadora tem um perfil mais claro de seus clientes, auxiliando-os preventivamente”, explica Anselmo Antunes, diretor comercial da Tá.Na.Hora.

Já a base de dados oferecida pela solução da Tá.Na.Hora permite uma gestão digital, interativa e em tempo real. “Se utilizada de forma correta, e junto com outras ações previstas pelas operadoras, o acompanhamento por chats reduz em até 60% os gastos e custa menos de R$ 1 por segurado.

É um valor menor do que o investido em call centers, por exemplo, com a vantagem de ser mais moderno e prático”, afirma Antunes.

Caso real

Há um ano utilizando as soluções da empresa, a operadora SAMP atingiu a meta de aperfeiçoar a comunicação com seus segurados. “Um dos nossos pilares é a medicina preventiva.

Os contatos com os usuários ficaram mais efetivos, pois a plataforma ajuda a priorizar os casos de maior risco e de complicações a curto prazo”, afirma Maurício Mittempergher, médico da SAMP.

O especialista afirma que a taxa de engajamento dos usuários que recebem as mensagens chega a 75%.

Parceria entre saúde e tecnologia

Atualmente, não dá para falar em saúde sem citar inovação. Os segmentos caminham lado a lado, revolucionando o atendimento e a atenção ao bem-estar. “Para se diferenciar da concorrência, cada vez mais as operadoras precisam investir em tecnologias, como a ferramenta da Tá.Na.Hora, que atua fortemente na parte de prevenção”, diz Flavio Sá, diretor de saúde da Allianz, há 20 anos no mercado de saúde e inovação. “Não acredito em gestão de saúde sem tecnologia”, reforça.

Segundo o diretor da Tá.Na.Hora, a ferramenta foi criada para suprir a lacuna entre os planos de saúde e seus beneficiados. Os serviços são personalizados de acordo com as necessidades da operadora: os programas fazem acompanhamentos e educam sobre assuntos como estresse, maternidade, doenças crônicas, alcoolismo, tabagismo, pós-operatório, entre outros temas.

Já são mais de 30 players da área médica utilizando a tecnologia da companhia, pioneira no acompanhamento e monitoramento digital da saúde no Brasil.

Sobre a Tá.Na.Hora

Fundada em 2013, oferece soluções para a gestão, educação e o monitoramento da saúde via chats, principalmente SMS e redes sociais, por meio de robôs desenvolvidos para terem conversas interativas e induzir mudanças de comportamento no usuário. Além de atuar com a prevenção de doenças, como zika, dengue e enfermidades crônicas, a Tá.Na.Hora desenvolve projetos com foco na melhoria da qualidade de vida, como o AsmaSMS e o SMS Bebê – internacionalmente conhecido e premiado pelo Google, Fundação Bill e Melinda Gates e Grand Challenges Canadá. www.ta-na-hora.com.

Fonte: AbraSeuNegócio.com -06.09.2016.

 

Compartilhe!