Inovação

Nova opção de tratamento para doença de Alzheimer é incorporada ao SUS

Por Roberta Massa B. Pereira | 27.09.2016 | Sem comentários

Publicidade

O Diário Oficial da União (DOU) publicou, no dia 20 de setembro, a aprovação de incorporação de rivastigmina adesivo transdérmico (Exelon® Patch) no Sistema Único de Saúde (SUS).

O medicamento representa mais uma opção de tratamento para pacientes com Doença de Alzheimer.

A rivastigmina é usada no tratamento de distúrbios de memória e demência em pacientes com doença de Alzheimer (DA).

Países como Inglaterra, Escócia e Austrália já recomendam o uso dos adesivos de rivastigmina, cujos resultados do estudo clínico realizado com mais de 1000 voluntários demonstraram que a apresentação transdérmica é tão eficaz quanto à apresentação oral, e que os adesivos podem apresentar redução de efeitos adversos gastrointestinais.

O estudo incluiu também um questionário visando avaliar a preferência do cuidador ao tratamento com o medicamento via oral ou transdérmica.

Dados publicados revelaram que dos 1.059 cuidadores que preencheram o questionário AD Caregiver Preference Questionnaire (ADCPQ), mais de 70% demonstraram preferência pelo uso do adesivo.

Entre os fatores de preferência registrados pelos participantes estão as facilidades de uso e de seguir uma programação, além de satisfação geral e menor interferência com as atividades diárias.

Estima-se que existam no mundo cerca de 35,6 milhões de pessoas com a Doença de Alzheimer. No Brasil, há cerca de 1,2 milhão de casos, a maior parte deles ainda sem diagnóstico.

A idade é o principal fator de risco para a Doença do Alzheimer. Após os 65 anos, por exemplo, o risco de se desenvolvê-la dobra a cada cinco anos3.

Para saber mais, acesse: http://promemoriaonline.com.br/

Sobre a Novartis
A Novartis oferece soluções inovadoras de cuidados com a saúde que atendem às necessidades em constante mudança dos pacientes e da população. Com sede em Basileia, na Suíça, a Novartis oferece um diversificado portfólio para atender estas demandas: medicamentos inovadores, cuidados com os olhos e medicamentos genéricos. Novartis é a única empresa global com posições de liderança nessas áreas. Em 2015, as operações do Grupo atingiram vendas líquidas de US$ 49,4 bilhões, enquanto cerca de US$ 8,9 bilhões foram investidos em pesquisa e desenvolvimento (US$ 8,7 bilhões excluindo encargos de depreciação e amortização). As empresas do Grupo Novartis empregam aproximadamente 119.000 colaboradores e seus produtos estão presentes em mais de 180 países ao redor do mundo. Para mais informações www.novartis.com.br

Fonte: S2PUBLICOM- 27.09.2016.

Indicação de leitura: Ebook Lean Six Sigma em Saúde.

Compartilhe!