Qualidade

ONA visa maior crescimento no ano de 2017

Por Roberta Massa B. Pereira | 23.01.2017 | Sem comentários

Aumentar o número de instituições acreditadas por todo o Brasil e participação em diversos eventos do setor são objetivos da ONA.

Com 550 organizações acreditadas no Brasil, mais de mil alunos com diplomas e mais de duzentos avaliadores capacitados em 2016, a ONA (Organização Nacional de Acreditação) inicia o ano buscando ainda mais oportunidades de crescimento.

Para 2017 novos projetos já estão sendo planejados: o programa de indicadores e também um novo curso de farmácia clínica serão lançados.

Neste ano também será finalizada a revisão do Manual para ser lançado em 2018.

“Em 2016, tivemos conquistas importantes na ONA, como o reconhecimento da ISQua (Sociedade Internacional para a Qualidade do Cuidado em Saúde, na sigla em inglês) que é a mais alta honraria para uma acreditadora em saúde.

Isso nos trouxe ainda mais confiança para continuarmos nosso trabalho buscando atingir um número cada vez maior de organizações acreditadas”, explica o presidente e diretor-geral da ONA Dr. Arlindo de Almeida.

Hoje são dezessete membros trabalhando em prol do fortalecimento da acreditação no Brasil.

Mudanças física e interna também aconteceram.

A organização passou por uma reestruturação na governança, com membros do conselho de administração assumindo cargos de diretoria e a mudança de sede para a região da Avenida Paulista.

O Seminário Internacional de Segurança do Paciente e Acreditação em Saúde, que contou com mais de seiscentos participantes, é outro destaque do presidente.

“Foi um grande evento organizado pela ONA. Além disso, apoiamos e estivemos presentes em mais de vinte eventos do setor de saúde. Pretendemos expandir ainda mais nossa participação em 2017”, pontua.

Sobre a ONA

A Organização Nacional de Acreditação (ONA) é uma entidade não governamental e sem fins lucrativos que certifica a qualidade de serviços de saúde, com foco na segurança do paciente.

É certificada pela ISQua (International Society for Quality in Healthcare), associação parceira da OMS e que conta com representantes de instituições acadêmicas e organizações de saúde de mais de 100 países.

Com 17 anos de atuação e mais de 500 instituições certificadas, a ONA se consolidou como a principal acreditação de saúde do país.

Seus manuais são específicos para nove diferentes tipos de estabelecimentos: hospitais, ambulatórios, laboratórios, serviços de pronto atendimento, home care, clínicas odontológicas, clínicas de hemoterapia, serviços de terapia renal substitutiva e serviços de diagnóstico por imagem, radioterapia e medicina nuclear.

A ONA também certifica serviços de apoio a instituições de saúde, como lavanderia, dietoterapia, esterilização e manipulação.

Fonte: MISASI-23.01.2017.

Ebook Lean Six Sigma em Saúde, baixe agora o seu.

Compartilhe!