Gestão

Hospital Albert Einstein inicia projeto piloto para o combate da mortalidade materna

Por Roberta Massa B. Pereira | 21.03.2017 | Sem comentários

Publicidade

Hospital Albert Einstein inicia projeto piloto para o combate da mortalidade materna. O Projeto patrocinado pelo laboratório MSD faz parte da iniciativa mundial MSD para Mães.

Ocorreu na ultima semana no Centro de Simulação Realística do Hospital Israelita Albert Einstein, o primeiro treinamento de capacitação para médicos obstetras e enfermeiros e obstetrizes do Hospital Agamenon Magalhães, um dos mais importantes da rede pública de Pernambuco.
O curso faz parte de um projeto piloto desenvolvido pelo Einstein em parceria com o laboratório MSD, que tem como objetivo reduzir a mortalidade materna.

O projeto busca capacitar profissionais neste, que é o principal hospital de Recife e referência de alta complexidade no Estado, para que se possa estabelecer novos protocolos de atendimento ali e também nos hospitais secundários do Estado. Isso possibilitará o melhor atendimento prévio de gestantes de risco.
Participaram do primeiro encontro 39 profissionais, que passaram o dia no Centro de treinamento do Einstein aprendendo através de aulas teóricas e simulações com robôs,  as técnicas, procedimentos e melhores protocolos para evitar a morte materna.
Durante o treinamento, a equipe do Centro preparou cenários onde acontecem simulações de sepse em obstetrícia e pré-eclâmpsia, e acompanharam a atuação comportamental de má notícia. Além disso, os alunos viram, através de práticas monitoradas, ressuscitação cardiopulmonar na gestante, tromboembolismo pulmonar na gestante, hemorragia pós-parto e protocolos em obstetrícia.
Nas próximas semanas mais seis turmas formadas por 40 profissionais participarão desse treinamento de capacitação no Einstein, vindas do Hospital Agamenon Magalhaes e de outros hospitais do SUS de Pernambuco.
Fonte: Hospital Albert Einstein-21.03.2017.
Ebook Planejamento Estratégico em Saúde, baixe agora o seu.
Compartilhe!