Gestão

Rede D’Or demite Sérgio Côrtes, preso hoje na operação Fatura Exposta

Por Roberta Massa B. Pereira | 11.04.2017 | Sem comentários

Publicidade

A Rede D’Or de hospitais informou, em nota, que demitiu nesta terça-feira o ex-secretário de Saúde do Estado do Rio Sérgio Côrtes, preso hoje na operação Fatura Exposta, da Polícia Federal e do Ministério Público Federal (MPF).

“A companhia esclarece que diante dos fatos ocorridos, na data de hoje, foi decidido pelo desligamento imediato do do Dr. Sérgio Côrtes”, diz o texto.

A empresa negou a informação divulgada pelo MPF de que Côrtes teria entregado R$ 300 mil da Rede D’Or para Francisco de Assis Neto, servidor da secretaria de Comunicação do governo na administração de Sérgio Cabral e dono da empresa Corcovado Comunicações.

“Não procede a informação sobre repasse de valores”, afirma a nota.

Sérgio Cortes integrava a diretoria da Rede D’Or desde junho de 2014, atuando na área médico-assistencial.

“Os fatos e eventos citados em investigação dizem respeito ao período anterior a sua contratação”, ressalta a Rede D’Or.

Côrtes foi um dos três presos hoje na operação Fatura Exposta, mais um desdobramento das Operações Calicute e Eficiência.

Também foram presos Miguel Iskin e Gustavo Estelita.

Segundo o MPF, os três investigados são suspeitos de envolvimento em um esquema de fraudes em licitações para o fornecimento de próteses para o Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia.

Fonte: Valor Econômico-11.04.2017.

Ebook Lean Six Sigma em Saúde, baixe agora o seu.

Ebook Lean Six Sigma em Saúde

 

Compartilhe!