Qualidade

Lifecenter busca acreditação JCI para aumentar segurança do paciente

Por Roberta Massa B. Pereira | 24.05.2018 | Sem comentários

Publicidade

Instituição e multiplicação de um programa de qualidade e segurança do paciente;

Acompanhamento periódico do cumprimento dos padrões com apresentação dos resultados em reuniões de liderança e auditorias internas;

Campanha de marketing e comunicação interna para disseminação e engajamento dos colaboradores ao projeto de acreditação.

Essas são atividades que vem sendo desenvolvidas pelo Hospital Lifecenter, de Belo Horizonte (MG).

Para alcançar a acreditação da Joint Commission International (JCI).

Inaugurado em 2002, com a proposta de oferecer serviço superior e diferenciado à população belorizontina, o hospital foi reestruturado em 2013.

Passando a contar com uma gestão alinhada às melhores práticas de governança corporativa.

Desde então, tem alcançado resultados expressivos como a recuperação financeira.

A qualidade assistencial e a consolidação do seu modelo de gestão, disponibilizando mais de 20 especialidades médicas ao público.

Com foco na melhoria contínua dos seus processos institucionais.

O Lifecenter agora vai em busca de um novo diferencial de mercado: a acreditação internacional da JCI.

“Os padrões preconizados pela acreditação JCI ajudam a desvendar novas maneiras de praticar a segurança do paciente.

E contribuem para a melhoria continua da qualidade”, defende Glauco Michelotti, presidente do Hospital Lifecenter.

Michelotti conta que o plano de implantação dos padrões de acreditação JCI foi dividido em etapas.

E está sendo executado em toda instituição, tanto na área assistencial quanto na administrativa.

O presidente do Lifecenter relata que a primeira etapa do processo foi a imersão. cultural e a sensibilização sobre os padrões preconizados pela JCI.

Com a análise e planejamento das ações baseadas nos capítulos do Manual de Acreditação para Hospitais, através de líderes, que têm o papel de multiplicadores.

A etapa de diagnóstico e planejamento contou com a orientação do Consórcio Brasileiro de Acreditação (CBA), associado brasileiro da JCI.

Que realizou o diagnóstico institucional e apontou as melhorias a serem implementadas.

“A partir daí, estamos fazendo a adequação dos processos ao modelo JCI.

Com a criação de planos de ação para cumprir as premissas necessárias à acreditação”, relata o presidente.

Para Glauco Michelotti, o serviço do educação do CBA é um facilitador para alcançar a etapa final, a de adequação da cultura organizacional aos padrões JCI:

“Os profissionais do CBA têm um importante papel como consultores no processo de implantação do modelo de acreditação.

Contribuindo com a experiência de outras instituições e acreditações, vivência prática das avaliações, além do domínio dos padrões exigidos no Manual”.

Fonte: Sb Comunicação – 24.05.2018.

Ebook Lean Six Sigma em Saúde, baixe agora o seu.Ebook Lean Six Sigma em Saúde
Compartilhe!