Gestão

Como a logística hospitalar pode somar para a 4ª revolução industrial na saúde

Por Roberta Massa B. Pereira | 15.06.2018 | Sem comentários

Automação e tecnologia já garantem economia para instituições de saúde.

E segurança para os pacientes, revolucionando a saúde e elevando o serviço para outra era.

A 4ª revolução indústrial está em todos os segmentos.

Tendo como base a automação como meio de otimização de diversos processos inerentes a produtos e serviços.

Na área da saúde, ela apresenta diversas particularidades e cuidados.

Que tem ganhado ainda mais detaque com a ajuda da logística hospitalar.

Mayuli Fonseca, especialista em supply chain e diretora da UniHealth Logística Hospitalar.

Lembra que a área extremamente estratégica para a gestão de custos.

Tem no Brasil todos os recursos para potencializar os resultados de instituições de saúde.

“Não devemos nada a nenhum player internacional.

E como exemplo, a nossa empresa já até exporta serviços para outros países.

Com um grande diferencial em tecnologia e soluçoes de ponta nesses mercados externos”.

Para se manter sempre atualizada em relação às novas tecnologias.

A UniHealth se mantém conectada com o que de mais recente tem sido desenvolvido ao redor do mundo.

Tendo recentemente visitado a Feira de Canton, na China, e a Feira de Hong Kong, além de fábricas locais.

Mas Mayuli destaca que mais do que tecnologia é muito importante a personalização de cada projeto.

Considerando as especificidades e capacidades financeiras e operacionais de cada instituição.

E a integração da tecnologia com aos processos institucionais.

“De nada adianta propormos um arsenal de automação se ele não for devidamente customizado.

E integrado na estrutura fim, pois caso contrário se tornará obsoleto e caro”, relata a executiva.

Neste sentido, a empresa se destaca pelo desenvolvimento de software próprio.

UnilogWF – alinhado com as normas da Sociedade Brasileira de Informática em Saúde (SBIS).

E equipamentos de automação proprietários adaptado a cada um de seus clientes.

Que vão de pequenas unidades de saúde até hospitais de 1.000 camas.

Dentre alguns dos benefícios do software está a ferramenta de e-procurement.

Com dashboard de planejamento de compras para otimização da gestão de suprimentos.

E estoque WMS com controle de recebimento e armazenamento por endereçamento randômico.

Módulo de produção (MRS) para fracionamento.

E produção de kits e TMS para distribuição de materiais e medicamentos.

A partir do centro de distribuição/almoxarifado até o consumo pelo paciente.

Garantindo total rastreabilidade serializada das movimentações realizadas pelos produtos.

“Com isso, sabemos por quem, em que hora e onde um produto foi acionado”, relata Mayuli.

Integrados ao UniLogWF ainda estão soluções de automação como os rotativos verticais, horizontais e lifts verticais.

Capazes de separar entre 400 e 600 itens por hora; robôs de dispensação de prescrições.

Com capacidade para separar de 300 a 500 prescrições por hora; dispensários automáticos de medicamentos.

Que liberam itens em 2 segundos e eliminam subestoques nas áreas assistenciais.

Com ainda controle e segurança de acesso; armário de RFID que controla a dispensação.

E devolução de itens de alto custo por rádio frequência, entre outros.

E seguindo um dos principais conceitos da Saúde 4.0, apoiada na 4ª revolução industrial.

A UniHealth desenvolveu uma tecnologia beira leito com cruzamento de dados de profissionais.

Pacientes e medicamentos, permitindo a checagem de todas as informações da prescrição na hora de sua administração.

Além de confirmar e pedir procedimentos e realizar avaliação do paciente.

“Gerir saúde é gerir produção, economia, segurança e muitos outros fatores.

Que impactam de forma importante na saúde financeira dos organismos de saúde e na saúde de todos nós.

Desta forma, é condição sine qua non que as soluções 4.0 estejam ao alcance do segmento de forma inteligente e precisa”, completa a diretora da UniHealth

Sobre a UniHealth Logística Hospitalar:

Maior empresa de logística intra-hospitalar da América Latina, com mais de 13 anos de história.

E reconhecida por experiência em soluções integradas de gestão do fluxo de medicamentos e insumos médicos.

Presta serviços para instituições públicas e privadas, que vão desde hospitais até unidades de saúde.

Como laboratórios, clínicas médicas e outras estruturas, independentemente do tamanho ou especialidade.

Com atuação e padrão de qualidade globais no Brasil, Equador, Colômbia e ações iniciadas no México e em Portugal.

Atualmente, a UniHealth conta com cerca de 500 colaboradores.

E mantém um centro de pesquisa e inovação tecnológica pelo qual recebeu, em 2013, o Prêmio FINEP de Inovação.

Também foi representada em premiação concedida, em três edições consecutivas, ao seu presidente, Sr. Domingos Fonseca, como um dos “100 Mais Influentes da Saúde”.

Fonte: Baruco Comunicação – 15.06.2018.

Ebook Planejamento Estratégico em Saúde, baixe agora o seu.Planejamento Estratégico em Saúde

 

Compartilhe!