Qualidade

Hospital 9 de Julho é reacreditado pela Joint Commission International

Por Roberta Massa B. Pereira | 27.07.2018 | Sem comentários

Publicidade

A reacreditação é considerada uma nova certificação, já que os avaliadores analisam o hospital a partir das melhores e mais atuais práticas de gestão de qualidade e segurança assistencial.

O Hospital 9 de Julho conquista novamente o selo de qualidade internacional da Joint Commission International (JCI).

O mais importante e respeitado órgão certificador de qualidade e segurança assistencial do mundo.

O selo confirma que o hospital mantém com excelência os processos de atendimento com foco na segurança dos pacientes.

Para manter o selo, o H9J passou por uma nova e profunda avaliação que incluiu feedback de pacientes e acompanhamento de diversos tipos de fluxo de atendimento.

Com o foco no processo de “cirurgia segura”.“A conquista é um reflexo de como a qualidade já está enraizada em nossa prática diária.

Assim como o foco na segurança e humanização do atendimento de paciente, médicos e dos colaboradores”, analisa a Dra. Regina Tranchesi, diretora Técnica do Hospital 9 de Julho.

Essa já é a terceira vez que o H9J conquista o selo (2012 e 2015).

Além disso, o Centro de Medicina Especializada, prédio que centraliza os atendimentos ambulatoriais, também é acreditado pela JCI.

“Isso mostra que estamos entre os melhores hospitais do mundo e na vanguarda do atendimento de qualidade com a máxima segurança”, comemora a Dra. Regina.

Sobre o Hospital 9 de Julho

Fundado em 1955, em São Paulo, o Hospital 9 de Julho tornou-se referência em medicina de alta complexidade com destaque para as áreas de Neurologia, Oncologia, Onco-hematologia, Gastroenterologia, Ortopedia, Urologia e Trauma.

Possui um Centro de Medicina Especializa cda com atendimento em mais de 50 especialidades e 13 Centros de Referência:

Centro de Dor e Neurocirurgia Funcional; Rim e Diabetes; Cálculo Renal; Cardiologia; Oncologia; Gastroenterologia; Controle de Peso, Infusão, Medicina do Exercício e do Esporte;

Reabilitação; Clínica da Mulher; Longevidade e de Doenças Inflamatórias Intestinais (CDII).

Com cerca de 2,5 mil colaboradores e quatro mil médicos cadastrados, o complexo hospitalar possui 410 leitos, sendo 91 leitos nas Unidades de Terapia Intensiva;

Centro Cirúrgico com capacidade para até 22 cirurgias simultâneas, inclusive com duas salas híbridas (com equipamento de Hemodinâmica e Ressonância Magnética).

E duas para robótica, incluindo a Sala Inteligente da Robótica, que permite a realização de cirurgias em sequencia.

Fonte: Assessoria de Comunicação Hospital 9 de Julho – 27.07.2018.

Ebook Planejamento Estratégico em Saúde,baixe agora o seu.

 

Compartilhe!