Gestão

Auditoria de contas no ambiente hospitalar: tudo que você precisa saber

Por Roberta Massa B. Pereira | 13.08.2018 | Sem comentários

A Auditoria de contas em um hospital é um processo que pode fazer com que ele economize milhares de reais sem abrir mão de nada essencial.

Todo tipo de estabelecimento tem as suas contas, e é claro que não é diferente com os hospitais.

O grande problema está no fato de que elas não costumam ser analisadas, o que pode resultar em prejuízos muito grandes.

Essa é a finalidade da auditoria, que consiste em uma análise profissional e muito detalhada de despesas, livros, estatutos e demais documentos de uma empresa.

De modo a identificar se há gastos que podem ser evitados ou otimizados.

A auditoria passou a existir com a Revolução Industrial, que trouxe o nascimento das indústrias e também do capitalismo.

Com o objetivo de manter as empresas da época economicamente estáveis, o que também se observa nos dias de hoje.

O procedimento apresenta algumas peculiaridades quando aplicado em um hospital.

É fundamental conhecê-las para garantir que ele corra adequadamente e possa apresentar os melhores resultados possíveis.

Como funciona a auditoria hospitalar?

Existem vários pontos importantes sobre a auditoria de uma empresa tão peculiar como um hospital, o que por sua vez cria várias dúvidas.

Para entender todo o processo, o melhor a se fazer é separá-lo em etapas.

Lean Six Sigma

Quem pode fazer a auditoria de um hospital?

Nas empresas em geral, um auditor é capaz de realizar o processo de auditoria, já que ele é o profissional responsável por esse trabalho.

Porém, em um hospital, não basta apenas ter esse tipo de conhecimento.

Uma análise minuciosa das contas de um hospital precisa ser feita por uma pessoa que entenda dos procedimentos.

E dos processos ali realizados para que possa tomar as melhores decisões.

É por isso que os auditores de um hospital costumam ser médicos, enfermeiros ou profissionais especializados no assunto.

Seu conhecimento teórico e prático, aliado à vivência em hospitais e clínicas médicas, faz com que ele não apenas compreenda os gastos.

Mas também saiba se o valor das despesas é apropriado ou se há algo de errado.

Quando as contas do hospital são auditadas?

Assim como acontece com os outros estabelecimentos, existem dois tipos de auditoria que podem ser feitos em um hospital.

São eles:

Auditoria preventiva: realizada antes da identificação de algum problema ou potencial problema.

Em outras palavras, é feita quando tudo está bem – ou ao menos parece estar.

Auditoria corretiva: necessária quando se identifica algum problema nas contas.

Como um déficit no caixa que não era esperado ou um valor demasiadamente alto em alguma das atividades desempenhadas.

Sem que haja uma explicação cabível para isso.

Portanto, não existe um momento específico para auditar as contas de um hospital.

Em grande parte das vezes, isso só acontece quando se percebe a existência de um problema.

Mas nada impede que ela seja feita com caráter preventivo, o que é ainda mais benéfico.

O que deve ser analisado na auditoria das contas hospitalares?

Esse é um dos pontos principais, que orientará o auditor durante a realização do seu trabalho.

Os principais pontos analisados para poder auditar as contas de um hospital são os seguintes:

Oferta excessiva ou faltante de serviço: na auditoria, é possível identificar se alguma especialidade ou serviço não traz o retorno esperado pelo investimento, bem como a situação oposta.

De uma procura que seja maior do que a demanda oferecida, de modo a equilibrar as finanças.

Prevenção de práticas inadequadas: as contas podem indicar que algum procedimento é realizado inadequadamente no hospital, o que consequentemente leva a custos adicionais.

Por exemplo, se foi solicitado pelo médico um ultrassom com contraste e a equipe médica não se atentou a isso, o exame terá que ser repetido.

O que representa despesas operacionais e de materiais que poderiam ser evitadas.

Monitoramento da qualidade dos serviços: se os gastos com determinada especialidade foram muito diferentes entre um mês e outro.

Seja para mais ou para menos, esse pode ser um indicativo de que algo está errado na qualidade da prestação do serviço.

Avaliações médicas incorretas: se após a triagem a equipe médica encaminha o paciente para a realização de um procedimento ou para a administração de um medicamento desnecessário.

Isso se reverte como um custo adicional, o que é ainda mais preocupante quando acontece em larga escala e pode até mesmo avançar para o âmbito jurídico.

Esses são alguns dos principais pontos observados quando se faz uma auditoria hospitalar.

O que mostra que o serviço precisa ser feito por um profissional que entenda de medicina e saiba interpretar as informações que tem à sua disposição.

Lean Six Sigma

Qual deve ser a periodicidade das auditorias em um hospital?

Não existe um período de tempo determinado para a auditoria das contas de um hospital.

Essa escolha deve ser feita de acordo com as suas necessidades e o planejamento que foi definido.

Se fizer muito tempo que as contas do estabelecimento foram auditadas, ou pior ainda, se isso nunca tiver acontecido.

Então o impacto sentido depois de sua realização será muito grande.

Já que as despesas deixaram de ser analisadas.

Quando o processo se torna rotineiro, então os apontamentos serão menos drásticos e a empresa terá mais facilidade para retomar o equilíbrio em suas contas.

Ainda que seja uma questão subjetiva, a recomendação é de que as auditorias não sejam tão próximas entre si.

O que praticamente não denotaria mudanças, mas nem muito distantes.

Para que o hospital sempre esteja com as finanças equilibradas.

Auditoria: processo fundamental para todos os hospitais

Seja qual for o porte ou a especialidade principal de um hospital, a auditoria é um processo obrigatório para seu equilíbrio financeiro.

Que pode evitar despesas muito altas a curto prazo e até mesmo sua subsistência a longo prazo.

As peculiaridades e minúcias que existem nos serviços médicos demanda a presença de um profissional que tenha total familiaridade com a área de saúde.

De modo que seus esforços tragam os melhores resultados possíveis.

Os benefícios que a auditoria proporcionam são muito grandes e podem fazer toda a diferença.

Para que a empresa continue a prestar seus serviços com qualidade e segurança, como deve ser.

Por isso, a auditoria de contas deve estar prevista no planejamento de todo hospital.

*Tainá Fantin

Fonte: Seomarketing – 13.08.2018.

Ebook Lean Six Sigma em Saúde, baixe agora o seu.Ebook Lean Six Sigma em Saúde

 

Compartilhe!