Gestão

É necessário investir em educação sobre saúde para equilibrar os custos

Por Roberta Massa B. Pereira | 10.10.2018 | Sem comentários

Uso racional do plano de saúde corporativo impacta não só no valor dos reajustes, mas também na efetividade do tratamento do paciente beneficiário.

Para reduzir os custos com assistência em saúde, empresas, operadoras, médicos e beneficiários precisam trabalhar em conjunto.

O uso racional dos serviços impacta não só no valor dos reajustes, mas também na efetividade do tratamento.

Investir em orientação e em uma rede de acesso de qualidade, e não em regulação do uso do plano.

Pode ser a solução mais adequada para equilibrar a conta entre os custos para a empresa e a qualidade de vida dos funcionários.

Nesse cenário, a atuação do médico do trabalho é fundamental.

“A lógica hoje é muito invertida. O usuário entende que tem que usar o plano de saúde porque tem disponível.

A companhia paga a conta sem uma orientação mais direcionada e ainda temos a ANS (Agência Nacional de Saúde) regulando todo o processo.

Por isso, entendo que as empresas têm esse papel social de educar, para que o sistema seja sustentável”.

Explica a especialista em medicina do trabalho e gerente de saúde do Grupo O Boticário, Dra. Renata Simioni.

Educação em saúde, no entanto, não significa negar exames e consultas, por exemplo.

“É uma linha tênue entre a orientação e de fato a regulação pela companhia.

Na lógica de regulação, a empresa só diz que o usuário não pode fazer.

É diferente quando a empresa olha para o usuário e oferece opções melhores.

É preciso chegar com informações consistentes, uma rede de acesso de qualidade e ferramentas que o ajudem a tomar a decisão da forma mais assertiva possível”, completa Dra. Renata.

Para que isso seja possível, a atuação do médico do trabalho e da própria operadora de saúde junto à empresa contratante é essencial.

As companhias precisam estar cientes de toda a estrutura disponível para seus funcionários para conseguir fazer a correta orientação.

Em busca desse objetivo, a Paraná Clínicas promove regularmente eventos de relacionamento com as empresas clientes para apresentação do Programa Priori e outras iniciativas de prevenção e tratamento.

“É um diferencial de relacionamento com o cliente, uma maneira de estar cada vez mais próximo e compartilhar ideias de inovação e as tendências do mercado de benefícios de saúde”, explica o diretor de relacionamento empresarial da Paraná Clínicas, Dr. Carlos Mortean.

Segundo ele, o Priori – iniciativa de prevenção e qualidade de vida com 11 serviços específicos para o combate a doenças crônicas, obesidade e tabagismo, por exemplo – é uma das principais ferramentas voltadas para a gestão da assistência.

“O Priori tem como objetivo prestar atendimento hierarquizado, para que as pessoas que realmente precisam saibam onde e como procurar assistência especializada.

O Programa tem contribuído bastante para que as empresas ganhem eficiência e melhorem a relação de custo-benefício dentro da gestão de saúde, por isso investimos nos eventos de relacionamento e enfatizamos a existência desses serviços”, completa Dr. Mortean.

Sobre a Paraná Clínicas

Com 47 anos de atuação no mercado, a Paraná Clínicas é referência em planos empresariais.

Tem a missão de cuidar da saúde, atendendo com excelência empresas e pessoas, oferecendo como diferencial os programas de saúde preventiva.

Com uma infraestrutura moderna e planejada em uma rede interligada, a Paraná Clínicas conta com oito unidades próprias, chamadas de Centro Integrado de Medicina:

CIM Água Verde; CIM Araucária; CIM CIC -24h; CIM Fazenda Rio Grande; CIM Rio Branco do Sul; CIM São José dos Pinhais; CIM Unidade Infantil – 24h (ao lado do Hospital Santa Cruz).

Hospital Dia (anexo ao CIM Água Verde), projetado para oferecer o que existe de mais moderno em procedimentos eletivos, permitindo que os pacientes tenham alta no mesmo dia.

Mais informações: www.paranaclinicas.com.br.

Assessoria de Comunicação Paraná Clínicas – 10.10.2018.

Ebook Planejamento Estratégico em Saúde, baixe agora o seu.

Planejamento Estratégico

Compartilhe!