Qualidade

Especialistas internacionais debatem o uso de novas tecnologias na Terapia Infusional

Por Roberta Massa B. Pereira | 11.04.2016 | Sem comentários

Atividade acontece no Hospital Moinhos de Vento na próxima terça-feira (12)

Com o aumento da expectativa de vida da população, novos tratamentos têm surgido para garantir qualidade, segurança e bem-estar no tratamento dos pacientes.

Atualmente é difícil imaginar a medicina moderna sem a terapia de infusão, indicada para administração de medicamentos, nutrição, soros ou reposição volêmica.

Para debater a utilização do uso de novas tecnologias na Terapia Infusional, o Hospital Moinhos de Vento em parceria com o Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), promoverá o II Simpósio e I Conferência Internacional de Terapia Infusional: qualidade e segurança – o PICC como uma escolha segura”, no dia 12 de abril. O evento contará com a participação de especialistas dos Estados Unidos e do Chile que compartilharão com a classe médica e assistencial as experiências dos dois países.

Na Terapia Infusional, existem algumas opções que trazem mais segurança na aplicação de medicamentos intravenosos para uma terapia mais prolongada. Uma dessas alternativas é a utilização do PICC, sigla em inglês para Cateter Central de Inserção Periférica. O uso do PICC permite que até mesmo quimioterápicos e hemoderivados sejam aplicados, possibilitando que os pacientes façam o tratamento ambulatorialmente ou em casa, sem a necessidade de internação hospitalar. O cateter resulta na melhoria da qualidade da assistência prestada, com processos menos invasivos e agressivos.

“A Terapia Infusional tem sido cada vez mais utilizada em função da segurança e preservação da rede venosa, diminuindo o estresse, dor e desconforto causados por múltiplas punções. Através do PICC, é possível causar menos trauma ao vaso e aumentar a taxa de assertividade da punção”, destaca Cristiane Vizcaychipi, enfermeira coordenadora do time de Terapia Infusional, do grupo de cateteres do Hospital Moinhos de Vento e liderança assistencial no CTI adulto.

O evento contará com a participação de especialistas que são referência mundial sobre o tema. A Enfermeira Kathy Kokotis participará do painel “A evolução do PICC”, apresentando a experiência americana no sucesso da aplicação da técnica. Já Idália Sepulveda, membro da divisão de Enfermagem da Sociedade Chilena de Medicina Intensiva, participará da mesa redonda sobre segurança do paciente e compartilhará a experiência da Clínica Chilena Las Condes.

O II Simpósio abordará novas tendências na Qualidade e Segurança na Terapia Infusional e a I Conferência discutirá o uso do PICC como um acesso seguro e confiável, bem como novas tecnologias.

O evento será inter-hospitalar e contará com o apoio da BARD/Saavedra.
Inscrições: www.iepmoinhos.com.br/eventos
Mais informações:
Telefone (51) 3537-8735
E-mail eventos.cientificos@hmv.org.br

Fonte: ANAHP-11.04.2016

Compartilhe!