Qualidade

Como garantir a qualidade dos serviços em Saúde

Por Roberta Massa B. Pereira | 12.03.2012 | 1 comentário

Publicidade

Atualmente muito se tem falado em qualidade dos serviços em saúde para a melhoria de seus processos gerando qualidade e excelência nos serviços.

As acreditações de qualidade em saúde normatizam os processos internos e garantem diferencial no mercado que esta cada vez mais competitivo.

Muitas empresas desenvolvem treinamentos constantes para aperfeiçoar seu desempenho, porém não se atentam aos detalhes da ferramenta mais importante deste processo que são as pessoas.

Antes de ser proposto um treinamento é necessário seguir algumas premissas que acredito serem fundamentais como:

Definir os resultados esperados em termos que qualidade;

Conhecer e assegurar as necessidades dos seus clientes;

Analisar sua atual situação e realizar um planejamento para que seja alcançado o resultado esperado.

Envolvimento dos colaboradores: nível estratégico, nível tático e nível operacional.

A aproximação e envolvimento dos gestores com os colaboradores é extremamente importante, pois é capaz de trazer resultados positivos para ambos os lados. Os colaboradores conseguem ter a percepção do quanto o seu trabalho é importante e qual o seu impacto no processo como um todo. Os gestores por sua vez, além de estreitar os laços com os colaboradores conseguem conhecer detalhadamente o processo de produção e os fatores que podem influenciá-los.

Avaliar as dimensões de qualidade técnicas, relacionamento e econômicas.

A qualidade técnica do serviço deve ser analisada continuamente, pois garante a eficácia do serviço com a utilização dos recursos que são realmente necessários para a produção do serviço.

O uso consciente desses recursos evita perdas tendo como conseqüência a redução dos custos sem sofrer impacto na qualidade e trazendo segurança para a empresa e credibilidade perante aos clientes.

Incorporar as normas para prestadores, usuários, organizações de credenciamento

A empresa deve possuir normas e procedimentos muito bem definidos para os seus prestadores, usuários e colaboradores, fazendo com que essas normas sejam incorporadas aos 3 níveis sem que nenhum deles seja prejudicado.

A normatização padroniza os procedimentos e garante a qualidade além de contribuir para um bom relacionamento em todos os níveis.

Gestão de pessoas, motivação e avaliação do pessoal

A qualidade caminha junto com a inovação e o avanço da tecnologia, porém não podemos falar de qualidade sem falarmos nas pessoas.

Não adianta termos aparelhos avançados que geram diagnósticos precisos se o profissional que opera o aparelho é apático e pouco envolvido com seu trabalho.

O grande desafio das empresas é manter seus funcionários motivados.

O setor de recursos humanos não deve ter somente atribuições operacionais como os processos de admissão, demissão, recrutamento e seleção, más também devem trabalhar criando melhorias nas condições de trabalho contribuindo para que seus profissionais realizem um trabalho de qualidade.

A motivação também esta relacionada à disponibilização de ferramentas básicas para a realização do trabalho. Podemos destacar como itens que causam desmotivação na equipe:

A ausência ou precariedade das ferramentas de trabalho;

Problemas em equipamentos (falta de manutenção);

Precariedade na infraestrutura do ambiente de trabalho;

Mão de obra reduzida e sem treinamento adequado;

Salário abaixo do mercado.

A empresa deve possuir um plano de carreira para que o profissional possa ter um objetivo de crescimento profissional. A busca de reconhecimento gera qualificação e aperfeiçoamento profissional.

O feedback com o funcionário é extremamente importante é através dele que podemos avaliar o desenvolvimento do profissional, verificar se o mesmo esta preparado para assumir um novo cargo e propor melhorias de curto e longo prazo, quando necessário.

Encontramos muitas pessoas preparadas no mercado com energia e disposição para enfrentar os desafios, porém, estas pessoas não estão dispostas a gastar suas energias com empresas que não saibam valorizar o seu trabalho.

Até a próxima.

Compartilhe!
  • Excelente texto, Roberta!
    Parabéns pelas colocações… estamos juntos!