Empreendedorismo

Intermédica busca capital e recebe ofertas de compra

Por Roberta Massa B. Pereira | 07.03.2017 | Sem comentários

A NotreDame Intermédica, operadora de planos de saúde comprada pelo fundo americano Bain Capital há três anos, avalia uma abertura de capital ou a venda de ao menos uma fatia a um investidor internacional.

Representantes da Intermédica estão em “road show” em Nova York, que no início tinha por objetivo divulgar sua oferta inicial de ações.

O Valor apurou que durante as apresentações, investidores estratégicos, entre eles as seguradoras Axa e Aetna, mostraram-se interessados na compra da empresa.

O que fez a Bain Capital abrir a possibilidade de vender pelo menos uma parte do negócio.

Nesse processo, a americana UnitedHealth, dona da Amil no Brasil, também foi procurada.

Nas negociações com os investidores, a Bain Capital avaliou a NotreDame Intermédica em US$ 4 bilhões.

O preço foi considerado elevado demais pelo mercado – a Bain pagou R$ 2 bilhões pela Intermédica há três anos.

Mesmo considerando que desde então a operadora passou por uma profunda transformação e ganhou valor, os US$ 4 bilhões ainda são considerados excessivos pelos investidores.

Para efeito de comparação, a UnitedHealth pagou US$ 4,9 bilhões pela Amil, o equivalente a 13 vezes o Ebitda da empresa fundada por Edson Bueno.

Esse múltiplo incluiu um prêmio de 50% sobre o valor da ação na época.

A Intermédica teve um Ebitda de R$ 330 milhões em 2015.

Considerando o múltiplo pago pela Amil, a operadora seria avaliada em R$ 4,5 bilhões e, levando-se em conta um prêmio de 50%, em R$ 6,7 bilhões.

Fonte: Valor Econômico-07/03/2017.

Ebook Planejamento Estratégico em Saúde, baixe agora o seu.

eBook Planejamento Estratégico em Saúde

Compartilhe!