Finanças

Ministro da Saúde anuncia repasse de R$ 120 milhões ao Rio

Por Roberta Massa B. Pereira | 04.07.2017 | Sem comentários

Ministro da Saúde anuncia repasse de R$ 120 milhões ao Rio. Verba será destinada à rede Atenção Básica

O Rio vai receber, por ano, o repasse de cerca de R$ 120 milhões para a rede Atenção Básica de Saúde, que é o atendimento inicial da população.

A verba, de acordo com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, será usada para contratar mais 3.600 agentes comunitários e a implantar 600 novas equipes em programas governamentais.

O dinheiro também servirá para custear 43 núcleos de Atenção à Saúde da Família e quatro equipes de Consultório de Rua.

— Vamos aumentar em R$ 10 milhões por mês a verba destinada ao Rio.

Além disso, estamos reestruturando os hospitais federais aqui do estado.

Esse é o resultado de uma gestão eficiente e com transparência.

Em um ano conseguimos uma economia de R$ 3,2 bilhões — afirmou o ministro.

O anúncio foi feito durante a Campanha Estadual de Vacinação contra Febre Amarela, na Clínica da Família Sérgio Vieira de Mello, no Catumbi, nesta segunda-feira.

Além do repasse, o governo federal realizou a entrega de duas pick ups, que serão usadas no combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika, chikungunya e febre amarela.

O prefeito Marcelo Crivella também participou da cerimônia.

Segundo ele, com a municipalização dos hospitais Rocha Faria e Albert Schweitzer, houve um aumento de 40% no número de consultas, exames e cirurgias.

O prefeito afirmou ainda que tem feito um esforço para economizar.

Lean Six Sigma

– Eu e o Doria (prefeito de São Paulo) combinamos de comprar remédios juntos.

Nós vamos economizar, a exemplo do ministro.

Hoje, todos estamos felizes com essas notícias animadoras, com a chegada desses recursos.

CAMPANHA DE PREVENÇÃO CONTRA A FEBRE AMARELA

O governo espera imunizar mais seis milhões de pessoas contra a febre amarela até o fim do ano.

Em entrevista ao telejornal Bom Dia Rio, nesta segunda-feira, o secretário estadual de Saúde, Luiz Antonio Teixeira Jr., disse que o trabalho no momento é de prevenção:

— Estamos chamando a população para se vacinar, para que a gente não tenha no estado do Rio casos como aconteceram em Minas, Espírito Santo.

Onde a febre amarela explodiu quando foi chegando o calor — afirmou o secretário ao Bom Dia Rio, lembrando que no próximo sábado, dia 8, será realizada a o Dia D de vacinação.

__ Nós já fizemos mais de seis milhões de doses de vacina, e vamos fazer pelo menos mais cinco ou seis milhões.

Ainda de acordo com Luiz Antonio, a campanha está sendo reforçada na Região Metropolitana do Rio, Baixada Fluminense e Médio Paraíba.

O secretário lembrou que a população tem até o fim do ano para tomar a vacina nos postos de saúde:

— Não precisa ir correndo. Vamos ficar até o final de 2017 vacinando.

Essa vacina é uma dose única para estar protegido a vida inteira.

Fonte: o Globo-04.07.2017.

Ebook Planejamento Estratégico em Saúde, baixe agora o seu.Planejamento Estratégico em Saúde

 

Compartilhe!