Saúde

Sidney Klajner: “Hospital Albert Einstein também é SUS”

Por Roberta Massa B. Pereira | 04.06.2018 | Sem comentários

A recente celebração dos 30 anos de existência do Sistema Único de Saúde (SUS) no Brasil nos convida à reflexão sobre uma trajetória de superação e resiliência.

Que culminou em seu reconhecimento pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como o maior sistema gratuito e universal do mundo.

A questão aponta ao quanto temos nos mobilizado para defender esse patrimônio de todos os brasileiros.

Cuja sustentabilidade passa pela atenção primária e atinge os gargalos de acesso aos tratamentos de média e alta complexidade.

Com muita honra, o Hospital Albert Einstein atua há mais de 15 anos no SUS.

Somando nada menos que 36,8 milhões de atendimentos em 23 unidades públicas de saúde.

Entre hospitais, unidades básicas, assistências médicas ambulatoriais, centros de atenção psicossocial, unidades de pronto atendimento e serviços de residência terapêutica.

E não se trata apenas de atenção primária, já que na carteira de projetos desenvolvidos no âmbito federal, do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (PROADI-SUS).

O Einstein opera dois hospitais públicos da capital paulista: o Hospital Municipal Dr. Moysés Deutsch – M´Boi Mirim.

Que atende mais de 100 mil pacientes/dia em parceria com o Centro de Estudos e Pesquisas Dr. João Amorim (CEJAM).

E o Hospital Municipal Vila Santa Catarina – Dr. Gilson de Cássia Marques de Carvalho, cujo atendimento supera 42 mil pacientes/dia.

Em que pese a dificuldade de acesso por parte da população brasileira a tratamentos de altíssima complexidade.

Os transplantes ganham corpo na rede pública, que financia mais de 90% desse tipo de cirurgia.

E encontra-se posicionada como o maior modelo público de transplantes de órgãos do mundo.

O Einstein contribui com essa marca no Hospital Municipal Vila Santa Catarina.

Realizando transplantes de fígado e rim – que se somam aos de coração, pulmão, intestino, pâncreas e multivisceral realizados na unidade Morumbi.

Dos quase 3,4 mil transplantes realizados pelo Einstein entre 2002 e 2016, 92,9% foram pelo SUS.

Sua atuação no Sistema Único de Saúde tem ampliado a capacidade de geração de valor para a sociedade por parte de uma instituição.

Concebida em retribuição ao acolhimento recebido pela comunidade judaica no Brasil.

Aliás, sua vocação social tem início nos primórdios da história, dois anos antes da inauguração do Hospital.

No final da década de 60, quando a Pediatria Assistencial inicia seu atendimento aos moradores da comunidade local.

Esta foi a semente do Programa Einstein na Comunidade de Paraisópolis (PECP).

Que cresceu e frutifica até os dias de hoje, beneficiando mais de 5 mil pessoas/ano.

Além disso, a parceria com o SUS contribui com as iniciativas de formação médica na Graduação em Medicina Einstein.

Focada na formação de médicos líderes, com participação responsável no sistema de saúde.

Desde o início do curso, os alunos frequentam postos de saúde e unidades de atenção básica.

Como forma de estimular o interesse pela carreira na área de medicina de família.

A especialidade tem se revelado um modelo ideal no SUS por meio da ESF (Estratégia Saúde da Família).

Programa que atende 135 milhões de pessoas no Brasil e já completou 24 anos de existência.

Com redução da taxa de mortalidade infantil e de internações por condições passíveis de prevenção, embora ainda esteja longe de atingir a cobertura universal.

Em condições ideais, o bom atendimento nas unidades básicas mobiliza adequadamente os pacientes ao hospital especializado.

Otimizando assim os recursos dos centros de alta complexidade.

O fato é que, hoje, sete em cada dez brasileiros dependem exclusivamente do sistema público de saúde.

E o Einstein assume seu papel catalisador de mudanças por uma sociedade mais justa e saudável e por um SUS mais sustentável em benefício de todos.

Fonte: LinkedIn Pessoal – Sidney Klajner – Presidente da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein – 04.06.2018.

Ebook Lean Six Sigma em Saúde, baixe agora o seu.Ebook Lean Six Sigma em Saúde

 

Compartilhe!