Empreendedorismo

NotreDame Intermédica quer abrir 28 laboratórios de exames em 2019

Por Roberta Massa B. Pereira | 14.05.2019 | Sem comentários

A NotreDame Intermédica pretende abrir, em 2019, 28 laboratórios de exames e uma central com capacidade para processar 3 milhões de exames por mês, de acordo com Irlau Machado, presidente da operadora de planos de saúde, que participou nesta segunda-feira de teleconferência com analistas e investidores. 

Atualmente, a operadora realiza 1,2 milhão de exames, mensalmente.

Num curto período de tempo, a operadora estará processando 2 milhões de exames, segundo o executivo.

Ainda de acordo com Machado, a NotreDame Intermédica continua analisando ativos do Rio de Janeiro para aquisição e, assim, aumentar a verticalização na praça carioca.

Em abril, a operadora adquiriu o Hospital Amiu, localizado em Jacarepaguá, no Rio, por R$ 40 milhões.

No início de 2018, já havia comprado o Hospital Samci, com duas unidades no bairro da Tijuca.

Por outro lado, a NotreDame Intermédica acredita que o processo de sinergias com a operadora GreenLine, comprada por R$ 1,2 bilhão, será mais rápido do que o projetado na época da aquisição.

“As sinergias serão intensificadas no segundo trimestre e o processo será mais rápido que esperávamos”, disse Machado.

A transação foi aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa do Consumidor (Cade) em janeiro.

Ainda segundo o executivo, a expectativa é que as margens Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da GreenLine e do grupo NotreDame Intermédica tenham um aumento no período inferior a dois anos.

Em relação aos planos individuais da GreenLine, o tíquete médio será mantido para o grupo conseguir aumentar sua participação de mercado, segundo Machado.

No último trimestre, houve uma pequena queda no volume dessa modalidade de convênio porque o grupo fez um esforço maior para a venda de planos PME.

Fonte: Valor Econômico – 14.05.2019.

Ebook Planejamento Estratégtico em Saúde, baixe agora seu.

Compartilhe!