Gestão

Conheça lista dos 20 hospitais que irão compor o 3º Ciclo do Projeto Lean nas Emergências

Por Redação GeHosp | 05.07.2019 | Sem comentários

O Projeto Lean nas Emergências, que tem como principal objetivo reduzir a superlotação dos serviços de urgência e emergência dos hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS), inicia o terceiro ciclo. A partir deste mês, mais 20 hospitais foram selecionados para a próxima etapa do projeto.

A iniciativa é uma parceria do Ministério da Saúde – MS com o Hospital Sírio Libanês e faz parte do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (PROADI-SUS) para o triênio de 2018 a 2020. Outros 39 hospitais já passaram pelo processo de intervenção.

1 – Fortaleza: Hospital Geral de Fortaleza
2 – Juazeiro do Norte: Hospital Regional do Cariri
3 – Brasília: Hospital Regional de Ceilândia
4 – Goiânia: Hospital Materno Infantil
5 – São Luiz: Hospital Municipal Djalma Marques – Socorrão 1
6 – Belo Horizonte: Hospital Júlia Kubitschek
7 – Belo Horizonte: Hospital Infantil João Paulo II
8 – Campo Grande: Hospital Regional Rosa Pedrossian
9 – João Pessoa Hospital: de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena
10 – Campina Grande: Hospital Regional de Emerg. e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes
11 – Petrolina: Hospital Universitário de Petrolina
12 – Recife: Hospital da Restauração
13 – Curitiba: Hospital Universitário Cajuru
14 – Curitiba: Hospital Universitário Evangélico Mackenzie
15 – Florianópolis: Hospital Governador Celso Ramos
16 – Joinville: Hospital Regional Hans Dieter Schimidt
17 – Jundiaí: Hospital São Vicente de Paulo
18 – São Jose dos Campos: Hospital Municipal Dr. José de Carvalho Florence
19 – São Paulo: Hospital Municipal Tide Setubal
20 – São Paulo: Hospital Municipal Prof. Dr. Alípio Corrêa Neto – Ermelino Matarazzo

As instituições selecionadas devem aguardar o contato da equipe do Hospital Sírio-Libanês para o agendamento da primeira visita.

Ao final de 2020, fim do triênio, a meta é chegar a 100 serviços de emergência com o Lean, mais de 450 profissionais treinados e 180 protocolos clínicos nos serviços de emergência implementados.

O Ministério da Saúde ainda pretende implementar a metodologia Lean nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), com o objetivo de melhorar a qualidade dos serviços de saúde, a acessibilidade e qualificação da atenção em cada território.

A iniciativa possui uma plataforma digital chamada de Comunidade Lean nas Emergências. A intenção é promover oportunidades de aprendizado, aprimorar as práticas de gestão e contribuir com a qualidade da saúde da população, entre os hospitais envolvidos no projeto.

Fonte: Ministério da Saúde – 05.07.2019.

Ebook Lean Six Sigma em Saúde, baixe agora o seu.

Compartilhe!